SOBRE O PROJETO

Com 13 anos de história, o Cinema no Rio São Francisco tem a missão de valorizar a cultura do Vale do São Francisco e o intercâmbio de ideias e conhecimentos por meio do cinema.

 

Neste ano, descemos o trecho mineiro do Velho Chico, com uma programação gratuita de exibição de filmes nacionais em uma telona ao ar livre e oficinas de fotografia. A edição de 2017 percorre 6 cidades do trecho mineiro do rio, entre os dias 17 e 23 de agosto:

 

     São Francisco,

     Pedras de Maria da Cruz,

     Januária,

     Itacarambi,

     Manga e

     Matias Cardoso.

 

 

Já são 13 anos de história !

 

Em 11 edições passadas, o Cinema no Rio já percorreu todo o rio São Francisco, da nascente à foz — à exceção das margens do reservatório da usina hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia.

 

Somando todas as edições, até agora foram

 

     percorridos mais de 50 mil km pelo rio e pelas estradas do Vale;

     realizadas 170 sessões de cinema ao ar livre;

     exibidos 114 filmes, sendo 52 de longa metragem e 62 de curta metragem;

     ministradas 170 oficinas.

 

Atingimos um público total estimado em

 

     cerca de 300 mil pessoas;

     em 50 localidades ribeirinhas;

     nos 5 estados banhados pelo Velho Chico.

Veja aqui o release  da 12ª Edição.

NOVIDADES

20/AGO . DOMINGO

17/AGO . QUINTA

PROGRAMAÇÃO

SÃO FRANCISCO ITACARAMBI

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção .  Pierre e a Mochila . Vida Maria . O Menino no Espelho . Margareth Mee

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção . Caminho dos Gigantes . Vermelho Rubro do Céu da Boca  .  A Família Dionti .  Do Pó da Terra

18/AGO . SEXTA

22/AGO . TERÇA

PEDRAS DE MARIA DA CRUZ

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção . Caminho dos Gigantes . Vermelho Rubro do Céu da Boca .  A Família Dionti .  Do Pó da Terra

MANGA

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção .  Pierre e a Mochila . Vida Maria . O Menino no Espelho . Margareth Mee

19/AGO . SÁBADO

23/AGO . QUARTA

JANUÁRIA MATIAS CARDOSO

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção .  Pierre e a Mochila . Vida Maria . O Menino no Espelho . Margareth Mee

Filme da Cidade. A Fábula da Corrupção . Caminho dos Gigantes . Vermelho Rubro do Céu da Boca  .  A Família Dionti .  Do Pó da Terra

FILMES

A FAMÍLIA DIONTI O MENINO NO ESPELHO

(2015) dir. Alan Minas - 1h 37 min
O jovem Kelton, de 13 anos, seu irmão e pai moram em um sítio em Minas Gerais e trabalham juntos em um canavial. O jovem sofre com a ausência da mãe, que se "transformou" e abandonou a família. Enquanto sonha todos os dias com a volta da mãe, Kelton se apaixona pela primeira vez por uma garota de circo e, literalmente, se derrete por amor.

(2014) dir. Guilherme Fiúza Zenha - 1h 18 min Aos 10 anos, o pequeno Fernando está cansado de fazer as tarefas chatas. Seu sonho é ter um sósia para cuidar delas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Um dia, é exatamente isso que acontece: seu reflexo deixa o espelho e ganha vida.

MARGARET MEE E A FLOR DA LUA
DO Pó DA TERRA

(2016) dir. Mauricio Nahas - 1h 18 min Muitos rótulos e pré-conceitos já estiveram ligados ao Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, região de veredas, com artistas que transformam nacos de terra em universos de fantasia. Homens e mulheres, tingidos de barro, maltratados pelo vício, explorados pela ganância, subjugados pela própria sorte, resistentes, guerreiros que desafiam todo dia os inúmeros números cruéis das estatísticas públicas.

A FÁBULA DA CORRUPÇÀO

(2013) dir. Malu De Martino - 1h 18 min "Margaret Mee e a Flor da Lua" é um docu-mentário sobre a vida e a obra da ilustradora botânica Margaret Mee, que viveu no Brasil por 36 anos, onde realizou 15 expedições à Floresta Amazônica e deixou um importante e valioso legado iconográfico e artístico. Suas ilustrações são, até os dias de hoje, uma fonte preciosa de pesquisa para a ciência botânica. Margaret Mee tem fama e reconhecimento internacional e suas obras estão presentes em importantes coleções nos Estados Unidos, Inglaterra, França e Brasil. O filme refaz os caminhos de Margaret até a flor da lua e, através de depoimentos e trechos de seus diários, mostra o amor da artista pela natureza, sua militância ecológca e seu pioneirismo, ao alerta para a necessidade de preservação do meio ambiente e da flora brasileira.

(2011) dir. Lisandro Santos - 8 min Em um armazém de beira de estrada, um homem vive em paz com seus animais de estimação: o cão vigia a casa, o gato caça os ratos e o jumento é o meio de transporte. No porão da casa habitam vários ratos que vivem roubando comida em quantidades tão pequenas que não prejudicam o negócio, mas a chegada de um rato estranho acaba com a harmonia do mercadinho.

PIERRE E A MOCHILA

(2013) dir. Luli Gerbase - 11 min Após a mãe de Pierre fugir de casa, seu tio e avô decidem se mudar com o menino para uma pequena cidade. Lá, Pierre conhece três meninas e faz novas amizades na escola.

CAMINHO DOS GIGANTES VIDA MARIA

(2016) dir. Alois Di Leo -11 min Em uma floresta de árvores gigantes, Oquirá uma menina indígena de seis anos, vai desafiar o seu destino e descobrir o ciclo da vida.

(2006) dir. Márcio Ramos - 9 min Maria José, uma menina de 5 anos de idade, é levada a largar os estudos para trabalhar. Enquanto trabalha, ela cresce, casa, tem filhos, envelhece.

VERMELHO RUBRO DO CÉU DA BOCA DOCUMENTÁRIO DA CIDADE

(2005) dir. Sofia Federico - 18 Min -  Velho preso à lembranças do passado. Uma jovem cheia de sonhos com o futuro. Entre eles um rio e rosas.

(2017) dir. Zenólia Filmes

Em cada cidade visitada pelo Cinema no Rio é produzido um curto documentário que possibilita, além do próprio registro da riqueza cultural do país, um aexperiência cinematográfica na qual os principais personagens são os próprios moradores. O espelhamento da comunidade, que se vê na tela de cinema, traz resultados importantes como o resgateda autoestima e da cidadania em localidades que, muitas vezes, são desassistidas e desvalorizadas.

CONTATO

contato@cinear.com.br

TEL + 31 3227.5623

Rua Rua Gennaro Masci, 116 - Santa Teresa
CEP 31015-142 - Belo Horizonte / MG

patrocínio

realização

apoio

incentivo